Ucranianos quebram recorde de compras de Bitcoin na Binance
Luciano Rocha
Ucranianos quebram recorde de compras de Bitcoin na Binance

Os ucranianos estão comprando mais Bitcoin (BTC) do que nunca para proteger seu patrimônio. De acordo com um relatório divulgado na terça-feira (1) pela Arcane Research, houve quebra de recordes de compras na exchange Binance.

As principais escolhas de compra dos ucranianos são o BTC e a stablecoin Tether (USDT). Dessa forma, muitos estão pagando um forte ágio para trocar suas hrvynia. De acordo com o TradingView, a moeda ucraniana está valendo US$ 0,03.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

O movimento reforça o caráter neutro do BTC, visto que a criptomoeda está sendo usada por ambos os lados da guerra. Conforme noticiou o CriptoFácil, os volumes de BTC quebraram recordes sucessivos na Rússia.

“Assim como os russos, os ucranianos também estão comprando criptomoedas como nunca. Muitos ucranianos temem que o sistema bancário do país possa entrar em colapso e estão buscando criptomoedas como um porto seguro”, diz o relatório.

Volume cresce 50%

Os dados da Arcane mostram que o volume de negociação entre a USDT e a hryvnia cresceu quase 50%. De acordo com os dados, os ucranianos negociavam pouco mais de US$ 6 milhões logo antes da invasão. Com o início da guerra, o volume médio saltou para cerca de US$ 8,5 milhões.

Leia Também

Contudo, o aumento foi ainda mais relevante em relação às seis semanas anteriores, cujo montante raramente ultrapassou US$ 3 milhões. Em contrapartida, as negociações de 24 horas entre BTC e hryvnia cresceu 200%, saindo de US$ 1 milhão para US$ 3 milhões.

O relatório acrescentou que os ucranianos que fogem do país querem levar parte de sua riqueza com eles. Nesse sentido, o BTC é a única ferramenta capaz de facilitar esse movimento, daí o aumento no volume de negócios.

Volumes de BTC e USDT em hrvynia. Fonte: Arcane Research.

Leia Também

Desde que a Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro, o interesse em criptomoedas disparou em ambas as nações. Os volumes da Binance negociados por clientes russos foram de US$ 34,9 em 28 de fevereiro, maior valor desde 19 de maio de 2021.

Ucrânia amplia opções de ajuda

Além de BTC e USDT, o governo ucraniano disse que aceitaria a Polkadot (DOT) para doações, em resposta ao sucesso das campanhas. No momento da escrita deste texto, o país já recebeu mais de US$ 30 milhões em doações.

Enquanto isso, as exchanges também enfrentam uma pressão crescente para proibir totalmente as transações envolvendo endereços de clientes russos. Coinbase, Binance e Kraken já disseram que não farão o bloqueio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários