Um terço das negociações salariais superaram a inflação em janeiro, mostra Fipe
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Um terço das negociações salariais superaram a inflação em janeiro, mostra Fipe

Um levantamento feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) mostram que um terço das negociações salariais apresentaram ganhos reais em janeiro deste ano, se comparado ao ano passado. Segundo a Fipe o reajuste médio para 33,4% dos trabalhadores foram de 10,20%, acima dos 10,16% de inflação registrado em 2021.

Entretanto, a quantidade de negociações de reajustes abaixo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) — usado para medir a inflação do país — ainda representa a maior parcela. Dados da Fipe mostram que 38,8% dos acordos não atingem a meta inflacionária, reduzindo a renda mensal do trabalhador.

A pesquisa considera as negociações coletivas registradas junto ao Ministério do Trabalho e Previdência. De acordo com o levantamento, o piso médio salarial em janeiro foi de R$ 1.388, cerca de R$ 170 a mais que o mínimo praticado no Brasil.

Quer ficar bem informado sobre tudo que acontece na economia do Brasil e do Mundo? Acompanhe o  canal do Brasil Econômico no Telegram

Para 2022, a Fipe prevê mais dificuldades em acordos coletivos para negociação salarial. A previsão do instituto é que a inflação continue alta no primeiro semestre de 2022, o que já foi admitido pelo próprio presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Outra preocupação é a recuperação econômica do país. A expectativa de especialistas é que a economia do Brasil siga patinando nos próximos meses e prejudique a absorção das empresas em relação aos reajustes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários