Luiza Trajano
Reprodução: iG Minas Gerais
Luiza Trajano

A fundadora da Magazine Luiza, Luiza Trajano, ficou entre os assuntos mais falados do Twitter neste fim de semana por dizer ser socialista "desde os dez anos de idade". A empresária foi alvo de críticas na web por não ter "socializado" a sua fortuna.

Além de socialista, ela se classifica como feminista, a favor das cotas raciais e de renda, e afirmou não estar disponível para se eleger a nenhum cargo da política partidária.

“Se ser feminista é ser a favor da igualdade entre homens e mulheres, sou sim. Mas temos que tomar cuidado com as palavras. Por exemplo, o termo socialismo. Um dia desses me definiram como uma ‘empresária socialista’. Olha, se socialista é quem é a favor da igualdade social, sou socialista desde os 10 anos”, declarou, em entrevista ao UOL. 

Explorando melhor a reflexão sobre o “ser socialista”, detalhou: “Nesse sentido, sou completamente a favor das cotas, por exemplo, como um processo transitório para acertar desigualdades, tanto em relação aos negros, quanto às pessoas com deficiências, às mulheres. Essa é uma posição transitória. Se houve uma escravidão de quase 400 anos, com uma abolição que não existiu e que deixou marcas terríveis na nossa sociedade, é preciso oferecer oportunidades. Senão, não tem jeito. E muitos dos processos históricos do nosso país tornaram-se crenças limitantes, das quais temos que nos libertar”.

Leia Também




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários