Carteira de trabalho
Márcia Foletto/Agência O Globo
Carteira de trabalho

Segundo cálculos do governo federal, o abono salarial do PIS/Pasep vai injetar R$ 20 bilhões na economia. Os  pagamentos iniciaram nesta terça-feira (8) para trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro com direito ao PIS, o Pasep paga a partir do dia 15 de fevereiro.

O abono paga de R$ 101 a R$ 1.212, dependendo da quantidade de meses trabalhados com carteira assinada referente ao ano-base 2020.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, o benefício deverá ser pago a 22 milhões de trabalhadores.

Se enquadram para o recebimento do abono salarial os trabalhadores inscritos no programa há pelo menos cinco anos, que receberam em média até dois salários mínimos por mês com carteira assinada e que exerceram atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias, no ano-base de pagamento. Também é necessário estar com os dados atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Leia Também

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. 

Calendário do abono PIS, pago pela Caixa a trabalhadores do setor privado
NASCIDOS EM // RECEBEM A PARTIR DE // RECEBEM ATÉ

  • Janeiro: 8 de fevereiro - 29 de dezembro
  • Fevereiro: 10 de fevereiro - 29 de dezembro
  • Março: 15 de fevereiro - 29 de dezembro
  • Abril: 17 de fevereiro - 29 de dezembro
  • Maio: 22 de fevereiro - 29 de dezembro
  • Junho: 24 de fevereiro - 29 de dezembro
  • Julho: 15 de março - 29 de dezembro
  • Agosto: 17 de março - 29 de dezembro
  • Setembro: 22 de março - 29 de dezembro
  • Outubro: 24 de março - 29 de dezembro
  • Novembro: 29 de março - 29 de dezembro
  • Dezembro: 31 de março - 29 de dezembro

Calendário do abono Pasep, pago pelo Banco do Brasil a servidores públicos
FINAL DA INSCRIÇÃO // RECEBEM A PARTIR DE // RECEBEM ATÉ

  • 0 - 1: 15 de fevereiro - 29 de dezembro
  • 2 - 3: 17 de fevereiro - 29 de dezembro
  • 4: 22 de fevereiro - 29 de dezembro
  • 5: 24 de fevereiro - 29 de dezembro
  • 6: 15 de março 29 - de dezembro
  • 7: 17 de março 29 - de dezembro
  • 8: 22 de março 29 - de dezembro
  • 9: 24 de março 29 - de dezembro

Abono salarial atrasado

O Ministério do Trabalho e Previdência estabeleceu uma nova data para que mais de 320 mil trabalhadores que não sacaram o abono salarial PIS/Pasep ano base 2019 possam solicitar o saque. Inicialmente, a pasta havia divulgado que a solicitação poderia ser feita a partir do próximo calendário vigente de pagamentos que começa no dia 8 de fevereiro. Agora, o pedido só poderá ser feito a partir do 31 de março, depois de encerrados os pagamentos referentes a 2020.

O montante esquecido chega a R$ 208,5 milhões do abono salarial do PIS/Paseo esquecido em 2019. De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, para pedir a liberação do dinheiro o trabalhador terá que ingressar com um recurso administrativo presencialmente em uma das Superintendências do Ministério do Trabalho, no país.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários