Mercado prevê Selic acima de 10% após nova reunião do Copom
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Mercado prevê Selic acima de 10% após nova reunião do Copom

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central deve elevar a taxa básica de juros, Selic, a 10,75% ao ano na sua próxima reunião, marcada para estas terça (1º) e quarta-feira (2). É o que preveem especialistas do mercado financeiro, em pesquisa realizada pelo BC com mais de 100 instituições na semana passada. Atualmente, a Selic está em 9,25%.

Se confirmado, esta será a primeira vez em quatro anos e meio que a taxa básica de juros ficará em dois dígitos – em julho de 2017, estava em 10,25%.

Na sua última reunião, em dezembro, o Copom decidiu elevar a Selic em 1,5 ponto percentual, passando de 7,75% para 9,25% ao ano. Aquela foi a sétima alta consecutiva somente em 2021.

Para o fim deste ano, economistas consultados pelo Banco Central esperam que a taxa encerre em 11,75% ao ano.

A Selic é a taxa básica de juros da economia, e é ela quem define como os outros juros devem se portar. O Copom tem a elevado para combater a inflação, que atingiu 10,06% ao ano em 2021.

Quando os juros estão altos, o crédito para financiamento e empréstimos fica mais caro. Isso desestimula as pessoas a comprar bens e consumir. Com a queda na demanda, a oferta fica maior e, por consequência, os preços caem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários