Aeroporto de Santos Dumont (RJ)
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Aeroporto de Santos Dumont (RJ)

 A segunda reunião do Grupo de Trabalho criado para discutir o modelo de concessão do Aeroporto Santos Dumont, marcada para esta segunda, foi suspensa após pedido do governo estadual à Secretaria de Aviação Civil (SAC).

Segundo o Governo do Rio, a SAC permitiu a participação irregular de concessionárias de aeroportos de Guarulhos, Brasília e Confins sem o consentimento de representantes estaduais presentes no Grupo de Trabalho —  Firjan, governo estadual, Fecomércio e Associação Comercial do Rio de Janeiro. Uma nova reunião vai ocorrer nesta quarta, sem a presença das concessionárias.   

Liberar a participação das empresas que gerem os aeroportos em São Paulo, Brasília e Minas Gerais iria de encontro com as diretrizes presentes em Portaria que instituiu o Grupo de Trabalho, que determina o ingresso de novos participantes por aprovação unânime dentro do colegiado.

O governo do estado acredita que "a presença das concessionárias concorrentes no GT é uma ameaça à construção de um edital que priorize o desenvolvimento do Estado e um hub logístico equilibrado e eficiente".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários