Prévia do PIB: IBC-Br volta a subir em novembro após 4 meses de queda
Agência Brasil
Prévia do PIB: IBC-Br volta a subir em novembro após 4 meses de queda

Depois de resultados negativos de julho até outubro, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) registrou alta de 0,69% em novembro em comparação com o mês anterior. O número foi divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central (BC).

O IBC-Br é considerado uma espécie de prévia do PIB por calcular o índice de atividade econômica, mas usa metodologia diferente do IBGE, responsável pelo número oficial.

O principal responsável pelo número positivo foi o setor de serviços, que cresceu 2,4% em novembro após duas quedas seguidas com o impacto da vacinação na retomada da mobilidade. Foi a maior taxa de crescimento desde fevereiro de 2021.

Em mês de Black Friday, as vendas no varejo cresceram 0,6% em novembro. Segundo o IBGE, o resultado foi puxado principalmente por comidas, bebidas e produtos de farmácias. A inflação impactou o consumo no mês e as vendas na Black Friday forem menos intensas do que em 2020.

Já a produção industrial foi o único setor a cair nas pesquisas divulgadas pelo IBGE. A falta de componentes, encarecimento das matérias-primas e incerteza elevada contribuíram para um recuo de 0,2% no mês.

No acumulado do ano, a atividade cresceu 4,59%. A alta foi concentrada nos primeiros meses do ano, principalmente janeiro e fevereiro. O índice mostra queda de 0,07% em julho, 0,33% em agosto, 0,57% em setembro e 0,28% em outubro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários