INSS
Reprodução: ACidade ON
INSS

Nesta quinta-feira (13) o governo publicou no Diário Oficial da União uma portaria que libera ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) uma experiência-piloto com teleavaliação em perícias médicas. A decisão cumpre deliberação do Tribunal de Contas da União (TCU).

Os testes devem durar 90 dias e serão realizados em prefeituras que possuem o Acordo de Cooperação Técnica – ACT com a Previdência.

Desde o início de agosto do ano passo, quando o INSS começou a realizar um pente-fino benefícios previdenciários em todo país, os segurados têm recebido cartas para agendar perícia médica. No total, a estimativa é de que 902 mil benefícios passem por revisão. De acordo com o INSS, 170 mil cartas já foram enviadas. No total 902 mil pessoas serão chamadas em todo país.

Quem não realizar a perícia pode ter o pagamento do benefício cortado. Em dezembro, o INSS informou que 65 mil pessoas teriam o auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) suspenso por falta de revisão. 

Para agendar a perícia médica o segurado pode ligar para o telefone 135 ou marcar pelo aplicativo Meu INSS .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários