Congresso deve derrubar veto de Bolsonaro sobre Refis
Reprodução
Congresso deve derrubar veto de Bolsonaro sobre Refis

O Congresso Nacional articula derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro (PL) sobre o projeto que permite a renegociação de dívidas empresariais, o Refis. A informação foi publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Parlamentares já conversam sobre o assunto, mesmo em recesso no Legislativo. A decisão deve ser chancelada na primeira semana de fevereiro.

A proposta liberava a renegociação de dívidas de MEIs e empresas do Simples Nacional. Cerca de R$ 50 bilhões poderiam ser parcelados.

Na justificativa do veto, publicado no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (7), Bolsonaro afirmou que o projeto não é de interesse público e relatou inconstitucionalidade. O presidente ressaltou não haver compensação financeira, o que afetará a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

A decisão atende um pedido do Ministério da Economia e da Advocacia-Geral da União (AGU). Ambos recomendaram cuidado após as polêmicas sobre a desoneração da folha de pagamento.

Nos bastidores, parlamentares acreditam que Bolsonaro optou pelo veto devido à lei eleitoral, que proíbe a concessão de incentivos fiscais em ano de pleito. O chefe do Planalto, anteriormente, tinha dito que apoiaria a proposta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários