Poupança registrou pior resultado em quatro anos
Reprodução: iG Minas Gerais
Poupança registrou pior resultado em quatro anos

Depois de uma captação recorde em 2020, o resultado da poupança no ano passado foi o primeiro negativo desde 2016, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo Banco Central (BC).

Foram R$ 3,409 trilhões depositados na poupança e R$ 3,445 trilhões sacados no ano passado, resultando em diferença de  R$35,5 bilhões. A poupança atualmente tem R$ 1,030 trilhão captado.

Em 2020, o saldo foi de R$ 166,3 bilhões, o maior da série histórica desde 1995. O volume total na poupança naquele ano era de R$ 1,035 trilhão. 

Piter Carvalho, economista e especialista da Valor Investimentos, explica que depois de uma captação recorde em 2020, muitas famílias tiveram que utilizar suas reservas de emergência em 2021, seja por desemprego ou pela renda corroída pela inflação.

Leia Também

"Fatalmente a reserva de emergência é usada nessas ocasiões, quando o dinheiro não dá, a inflação corrói tanto salário que o salário não dá, então tem que usar outros recursos para pagar contas", disse.

No ano passado, foram cinco meses de entradas líquidas na poupança e sete de saídas. O mês de janeiro foi o que registrou uma saída maior de recursos, R$ 18,1 bilhões, um movimento que acontece tradicionalmente todos os anos.

Já o mês que registrou uma entrada maior foi dezembro, com recursos na casa de R$ 7,6 bilhões.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários