Poupança mantém índice negativo de rentabilidade pelo 15º mês seguido
Ana Carol Soares
Poupança mantém índice negativo de rentabilidade pelo 15º mês seguido

A poupança registou rentabilidade negativa pelo 15° mês consecutivo em novembro, segundo dados da provedora de informações financeiras Economática. No último mês, o investimento registrou rentabilidade, descontada a inflação, de -7,35%.

O índice, no entanto, foi melhor que outubro, quando a poupança apresentou rentabilidade de -7,59%. A negatividade acontece devido ao desconto inflacionário que pesa no investimento. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação do país atingiu 10,74% em 12 meses.

A expectativa do Banco Central é de melhora no rendimento do investimento nós próximos meses. Na última quarta-feira (8), o Comitê de Políticas Monetárias (Copom) decidiu reajustar a taxa básica de juros, conhecida como Selic, em 1,5 ponto percentual, atingindo 9,25%, o maior índice em quatro anos.

Com a decisão, a poupança deverá seguir a regra antiga e render 0,5% + Taxa Referencial (TR) ao mês ou 6,17% ao ano. Com a Selic antiga — em 7,75% — o investimento rendia 0,44% ou 5,43% ao ano.

Embora o BC acredite que o reajuste colabore para o aumento do interesse no investimento, o presidente da entidade, Roberto Campos Neto, afirmou ter vontade de fazer mudanças na poupança. Entretanto, Campos Neto não adiantou se há estudos para ajustes no investimento ou quais alterações serão feitas. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários