Gasolina subiu mais de 40% em um ano, aponta ANP
Reprodução: iG Minas Gerais
Gasolina subiu mais de 40% em um ano, aponta ANP

O preço médio da gasolina subiu 46% em 2021, se comparado ao ano anterior, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O valor do combustível passou de R$ 4,51 em dezembro de 2020, enquanto no último mês o combustível atingiu R$ 6,61.

Os fortes aumentos foram motivados pela instabilidade do câmbio no Brasil, além dos reajustes no preço do barril do petróleo no mercado internacional. As alterações nos preços nas refinarias fizeram dos combustíveis o principal vilão da inflação no país.

O último ajuste nos preços feitos pela Petrobras foi em dezembro. Na época, a petroleira reduziu o valor em 3,13%, passando para R$ 3,09 nas refinarias.

A expectativa para 2022, no entanto, é que novos aumentos aconteçam.

Outros combustíveis

O etanol também apresentou forte reajuste entre 2020 e 2021. De acordo com a ANP, o combustível subiu 58%, passando de R$ 3,18 para R$ 5,03. Já o diesel apresentou alta de 45%, de R$ 3,67 para R$ 5,33.

O gás de cozinha também causou dor de cabeça aos brasileiros em 2021. Um botijão de 13kg ultrapassou a casa dos R$ 100 no último ano, um aumento de 36% se comparado a 2020, quando o GLP custava, em média, R$ 75.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários