Pagamento do abono salarial será retomado em janeiro
Reprodução: iG Minas Gerais
Pagamento do abono salarial será retomado em janeiro

O governo federal retomará o pagamento do abono salarial PIS/PASEP em janeiro para os trabalhadores após um ano sem disponibilizar o benefício. Tem direito a receber os valores aqueles trabalhadores que exerceram qualquer atividade remunerada por mais de 30 dias.

Para ter direito ao benefício, os interessados também devem ter suas carteiras assinadas e receberem até dois salários mínimos por mês. O governo ainda alerta para a obrigatoriedade da inscrição no PIS-PASEP há pelo menos cinco anos, além de estar com os dados em dia pelo empregador.

Em 2021, o benefício deixou de ser pago para o pagamento do programa que reduzia jornada e salários de funcionários em meio à pandemia. O Planalto ainda estuda a possibilidade do pagamento de retroativo.

Os funcionários de empresas privadas devem sacar o PIS em agências da Caixa Econômica Federal ou lotéricas. Já servidores públicos podem retirar seus valores em agências do Banco do Brasil.

Os trabalhadores podem obter mais informações sobre o PIS pela Central de Atendimento da Caixa no número 0800 726 0207 ou pelo aplicativo Caixa Trabalhador. Servidores públicos podem procurar detalhes sobre o pagamento do PASEP pelo telefone do Banco do Brasil (0900 729 0001), site ou aplicativo do banco.

Confira quanto o trabalhador poderá receber de abono

  • 1 mês trabalhado: R$ 100;
  • 2 meses trabalhados: R$ 200;
  • 3 meses trabalhados: R$ 300;
  • 4 meses trabalhados: R$ 400;
  • 5 meses trabalhados: R$ 500;
  • 6 meses trabalhados: R$ 600;
  • 7 meses trabalhados: R$ 700;
  • 8 meses trabalhados: R$ 800;
  • 9 meses trabalhados: R$ 900;
  • 10 meses trabalhados: R$ 1000;
  • 11 meses trabalhados: R$ 1.100;
  • 12 meses trabalhados: R$ 1.200.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários