Juros e inflação derrubam venda de imóveis e crédito imobiliário
Senado Federal
Juros e inflação derrubam venda de imóveis e crédito imobiliário

A inflação e os sucessivos aumentos da taxa básica de juros (Selic) pelo Banco Central (BC) para combatê-la estão se refletindo no mercado imobiliário. O apetite pelo crédito habitacional recuou e as vendas de imóveis residenciais, que vinham registrando forte crescimento, também caíram.

Segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), em outubro, as instituições financeiras concederam R$ 17,156 bilhões em crédito imobiliário, recuo de 3,9% em relação a setembro.

Com isso, as vendas de imóveis residenciais recuaram 9,5%, pra 58.941 unidades, no terceiro trimestre em relação ao mesmo período de 2020, segundo dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic).

Para atrair clientes, bancos oferecem até sorteios de cupons para quem contratar financiamento até o fim do ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários