Jair Bolsonaro pode enviar proposta para abrir crédito especial para bancar Auxílio Brasil
Isac Nóbrega/ PR
Jair Bolsonaro pode enviar proposta para abrir crédito especial para bancar Auxílio Brasil

Enquanto a PEC dos Precatórios ainda é protagonista nas discussões no Congresso Nacional, a ala política governista tenta encontrar alternativas para bancar as parcelas de R$ 400 do Auxílio Brasil ainda em dezembro. A sugestão, agora, é solicitar um crédito especial ao Congresso Nacional para bancar o programa social fora do teto de gastos, enquanto não há definição sobre a proposta que parcela dívidas judiciais.

Segundo o jornalista Valdo Cruz, da GloboNews , o presidente Jair Bolsonaro determinou o pagamento integral das parcelas em dezembro. No entanto, a ideia ficaria inviável sem a aprovação da PEC dos Precatórios.

A ala governista sugere a abertura de crédito especial para bancar o benefício em dezembro e contar, com a PEC dos Precatórios para janeiro. A ideia também visa liberar parte dos gastos na regra do teto do Orçamento de 2022 para financiar a campanha eleitoral e outros gastos necessários.

O texto está travado na Câmara dos Deputados, após ter passado com tranquilidade pelo Senado. Mas as alterações feitas por senadores estão deixando ainda mais polêmicas.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), defende a divisão da promulgação da PEC dos Precatórios, medida rechaçada por senadores. Lira pretende promulgar apenas o que aprovado por ambas as Casas e deixar as partes alteradas no texto para a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e a Comissão Especial analisassem o caso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários