Auxílio Brasil pode suspender benefício devido a revisões cadastrais contínuas
Divulgação/Ministério da Cidadania
Auxílio Brasil pode suspender benefício devido a revisões cadastrais contínuas

As famílias que estão aptas a receber o  Auxílio Brasil precisarão passar por revisões cadastrais periodicamente. Caso as informações fornecidas não atendam os critérios, seu benefício poderá ser suspenso ou cancelado.

Segundo o programa, as avaliações passarão por três categorias: Averiguações cadastrais, revisões cadastrais e revisões de elegibilidade.

As avaliações cadastrais serão uma averiguação periódica que informará ao Cadastro Único (CadÚnico) se o beneficiário possui as condições de elegibilidade para receber o auxílio. Nele, as famílias saberão se estão na lista de qualificação para receber o pagamento do benefício.

Na revisão cadastral, a família será convocadas para uma reavaliação - caso esteja a mais de dois anos sem atualizações no sistema do CadÚnico - e terá de informar suas condições socioeconômicas.

Leia Também

A revisão de elegibilidade verificará as informações fornecidas e, caso atenda aos requisitos, o pagamento será realizado. As verificações serão realizadas mensalmente e serão compostas por renda e composição familiar. Caso o registro seja excluído do CadÚnico, o beneficiário deixará de receber o auxílio, segundo informações do G1.


Há, ainda, a possibilidade de recurso em caso de suspensão ou cancelamento do Auxílio. O prazo para entrar com a interposição será de 30 dias, contados a partir da primeira tentativa de saque do beneficiário.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários