Valdemiro Santiago
undefined
Valdemiro Santiago

O fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, Valdemiro Santiago, teve R$ 100 mil penhorados pela Justiça de São Paulo. O juiz Nemércio Rodrigues Marques condenou o pastor a pagar dívidas referentes ao aluguel de um templo em Sertãozinho, no interior de SP. Alugado em 2017, o imóvel tem 343,34 m², informa o colunista da Folha, Rogério Gentile. 

A igreja fez um acordo com a empresa proprietária do prédio, Branca Holding, mas não cumpriu. Foi então que a companhia pediu a execução orçamentária dos bens pessoais de Valdemiro na Justiça, alegando que ele é sócio oculto da Mundial do Poder de Deus. 

O apóstolo ainda pode recorrer da decisão. Ele alega que não faz parte do quadro societário da igreja e não tem responsabilidade pelo aluguel. 

Em outro processo, ele já havia dito ser penas um líder eclesiástico e disse que não há confusão alguma entre o seu patrimônio e o da Mundial. "São apenas suposições construídas pela mídia."

Leia Também

A defesa da Mundial alegou dificuldades financeira por conta da pandemia de Covid-19. 

"A igreja depende única e exclusivamente das contribuições de seus fiéis para manutenção dos pagamentos de seus fornecedores, parceiros e colaboradores", afirmou a defesa da Mundial no processo.

Valdemiro fundou a igreja em 1998, em Sorocaba (SP). A igreja diz em seu site que conta atualmente com cerca de 6.000 templos em diversos países.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários