Auxílio Brasil é viabilizado pela PEC dos Precatórios
Divulgação/Ministério da Cidadania
Auxílio Brasil é viabilizado pela PEC dos Precatórios

O Senado aprovou nesta quinta-feira (2) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios em segundo turno. O placar ficou em 61 votos a favor e 10 contra - em primeiro turno, havia sido 64 a 13 .

Como o texto foi modificado, agora ele volta para a Câmara dos Deputados para ser votado novamente.

A PEC dos Precatórios permite que o governo libere R$ 106 bilhões no Orçamento ao adiar dívidas, recurso essencial para o pagamento do Auxílio Brasil no valor de R$ 400.

Para que a PEC fosse aprovada, o relator Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo, teve que fazer uma série de concessões, acatando várias emendas. Os principais aspectos do texto da proposta, porém, foram mantidos na versão final do relatório.

Ao final da votação, Bezerra agradeceu os demais senadores por realizarem modificações que permitiram a votação de "uma matéria difícil, complexa e polêmica".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários