Guedes, o Ronaldinho Gaúcho da Economia
Reprodução Twitter
Guedes, o Ronaldinho Gaúcho da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, foi convocado para prestar  esclarecimentos sobre sua empresa offshore em paraíso fiscal à comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, mas não foram só críticas na audiência, o ministro também recebeu elogios da base governista. 

O deputado Ubiratan Sanderson, por exemplo, comparou o ministro da Economia ao jogador vencedor da Bola de Ouro, Ronaldinho Gaúcho.

"Nós temos orgulho, mais uma vez, de ter aqui no Brasil o Ronaldinho da Economia brasileira a serviço do povo brasileiro, mas também a serviço do governo Bolsonaro", declarou. 

O deputado Kim Kataguiri rebateu a brincadeira:

"Realmente é o Ronaldinho, é drible no teto de gastos, na taxa de juros, na inflação, realmente um jogador excepcional, e quando você pensa que ele chuta com a direita, ele chuta com a esquerda."

Leia Também



Leia Também

Offshores

Guedes disse que o assunto é irrelevante no atual momento econômico do país, mas fez questão de classificá-lo como "absolutamente legal" . Segundo ele, conselheiros econômicos recomendaram "por motivos sucessórios" o investimento da renda no exterior para evitar imposto sob herança.

"Se você tiver uma conta em nome da pessoa física, e você falecer, 46% é expropriado pelo governo americano. Mesmo você sendo estrangeiro, todo seu trabalho de vida ao invés de ir para um herdeiro ou para um familiar vira imposto sob herança, então é melhor usar uma offshore".

O ministro defendeu a manutenção de parentes no registro da empresa, mas negou conflito de interesses. "A offshore é como uma faca, você pode usar para matar alguém ou pode usar para cortar uma laranja", brincou. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários