Por onde anda a menina destemida, estátua que desafiou o touro de Wall Street?
Reprodução Twitter
Por onde anda a menina destemida, estátua que desafiou o touro de Wall Street?

Se por aqui o touro dourado da B3 virou alvo de pichações, protestos e memes, em Wall Street, lar de sua inspiração original, a estátua também não passou incólume a polêmicas desde a sua criação, na década de 1980.

A mais recente foi o seu embate com a Menina Destemida, estátua de 1,30 de uma menina, com as mãos na cintura, olhando desafiante para o touro da Bolsa, que foi instalada em Wall Street em março de 2017.

Assim como o touro da B3, a Menina Destemida foi uma ação de marketing, patrocinada pela gestora de investimentos State Treet Global no Dia Internacional da Mulher, para promover o primeiro aniversário de um fundo de ações com foco em diversidade de gênero.  

Por aqui, o touro dourado foi uma parceria da B3 com o influenciador digital de finanças Pablo Spyer.  

Na época, a suposta promoção da diversidade de gênero foi alvo de críticas. A colunista do New York Times Gina Bellafante chamou a iniciativa de “feminismo corporativo”.

Christine Emba, articulista do The Washington Post, escreveu que a estátua retratava a “mulher empoderada como uma criança, reforçando a ideia da feminilidade como sendo fofa e inofensvia".

Leia Também

A estátua também recebeu críticas do artista que criou o touro de Wall Street. O escultor Arturo di Modica exigiu que as autoridades municipais retirassem a autorização da instalação da Menina Destemida sob o argumento de que a estátua alterava a percepção do touro e explorava o seu trabalho para fins comerciais.  

Segundo Modica, o touro estaria com sua “integridade artística comprometida” distorcendo a intenção da estátua, concebida como “um símbolo da prosperidade e força”, para ses apresentada como um “vilão”, apenas para os fins publicitários da State Treet Global. 

E, em maio daquele ano, durante três horas, a Menina Desafiante teve a companhia de um cachorro urinando. O artista Alex Gardega instalou a estátua Pissing Pug ao lado da menina, segundo ele, para chamar a atenção para a jogada de marketing com o feminismo.  

Concebida originalmente para passar uma semana em frente ao touro, a Menina Destemida acabou tendo sua licença de instalação renovada e ficou no local até 28 de novembro de 2018. E, desde dezembro de 2010, ganhou um novo lar, em frente a Bolsa de Valores de Nova York. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários