Carteira de trabalho
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL
Carteira de trabalho

O abono salarial do PIS/Pasep será pago em 2022. A liberação que, via de regra, seria feita no primeiro semestre desse ano, foi adiada para o ano que vem. Ou seja, o calendário 2022, ano-base 2020, terá início previsto para janeiro de 2022.

O calendário considera o mês de nascimento, para trabalhadores da iniciativa privada, e o número final da inscrição, para servidores públicos.

A decisão foi tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), informa o g1.

O adiamento representa uma economia de R$ 7,45 bilhões neste ano. Têm direito ao abono salarial cerca de 23 milhões de trabalhadores.

Leia Também

Quem recebe

PIS

Por meio da Lei Complementar n° 7/1970, foi criado o Programa de Integração Social (PIS). O programa buscava a integração do empregado do setor privado com o desenvolvimento da empresa. O pagamento do PIS é de responsabilidade da Caixa​.

PASEP

Paralelamente à criação do PIS, a Lei Complementar n° 8/1970 instituiu o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), com o qual União, Estados, Municípios, Distrito Federal e territórios contribuíam com o fundo destinado aos empregados do setor público. O pagamento do PASEP é feito pelo Banco do Brasil.​

Valor

O valor é proporcional aos meses trabalhados, por exemplo, se o trabalhador teve a carteira assinada por um mês, receberá um doze avos do salário mínimo, se trabalhou o ano todo com carteira assinada, receberá uma parcela a mais do salário mínimo. 

Como sacar

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica.  Veja como consultar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários