Ministro se queixa do Congresso jogar os problemas econômicos do Brasil no seu colo
Reprodução: iG Minas Gerais
Ministro se queixa do Congresso jogar os problemas econômicos do Brasil no seu colo

Fora dos holofotes, o ministro Paulo Guedes, da Economia, ainda não se pronunciou sobre a aprovação da tão esperada PEC dos Precatórios na Câmara dos Deputados. Ontem (10) ele faltou a convocação para explicar sua empresa offshore em paraíso fiscal . Segundo o colunista Igor Gadelha, do Metrópoles, o ministro relatou a interlocutores medo de ser agredido pela população ao ir, por exemplo, a um supermercado. 

Em março, o ministro chegou a dizer que 'entra no supermercado, e as pessoas lhe agradecem'. Parece que de lá para cá o jogo mudou e a confiança do ministro diminuiu.

Parte das queixas do ministro são direcionadas ao Congresso Nacional, que, na visão de Guedes, quer sua cabeça. 

O presidente Jair Bolsonaro segue apoiando Guedes, chegou a dizer que ele "só sai do governo ao seu lado". Mesmo assim, a ala política ainda busca substitutos ao ministro, o principal alvo é o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários