Banco do Brasil abrirá em breve novo concurso na área de Tecnologia
Divulgação
Banco do Brasil abrirá em breve novo concurso na área de Tecnologia

Após a divulgação da lista de aprovados no concurso do Banco do Brasil , a BB Tecnologia, empresa ligada à instituição, também deve abrir o seu próprio edital. O braço do banco público, inclusive, já divulgou um projeto básico - documento necessário para início do processo de escolha da banca organizadora. Ainda não há uma data para o início das incrições. 

Embora o número de vagas também não tenha sido definido, já se sabe que a seleção será para os cargos de técnico e analista, com exigências de ensino médio e nível superior. O documento antecipa que a duração do contrato deverá ser de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, pelo mesmo período. No último concurso, realizado em 2015, as remunerações iniciais variaram de R$ 2.119 a R$ 4.672. 

O projeto básico também informa que o concurso terá abrangência nacional. A BB Tecnologia tem sede nos seguintes locais:

Região Sudeste

  • São Paulo (SP)
  • Bauru (SP)
  • Campinas (SP)
  • Ribeirão Preto (SP)
  • Vitória (ES)
  • Belo Horizonte (MG)
  • Uberlândia (MG)
  • Barra do Piraí (RJ)
  • Rio de Janeiro (RJ)


Região Norte

  • Manaus (AM)
  • Belém (PA)
  • Porto Velho (RO)
  • Palmas (TO)

Região Sul

  • Curitiba (PR)
  • Londrina (PR)
  • Passo Fundo (RS)
  • Porto Alegre (RS)
  • Florianópolis (SC)
  • Joinville (SC)


Região Centro Oeste

Leia Também

  • Goiânia (GO)
  • Campo Grande (MS)
  • Cuiabá (MT)


Região Nordeste

  • Maceió (AL)
  • Salvador (BA)
  • Fortaleza (CE)
  • São Luis (MA)
  • João Pessoa (PB)
  • Recife (PE)
  • Teresina (PI)
  • Natal (RN)


Último concurso

O último concurso da BB Tecnologia foi realizado em 2015. Na ocasião, foram oferecidas 300 vagas imediatas para diversos cargos de ensino médio e nível superior. Também houve formação de cadastro reserva de pessoal.

No caso de ensino médio, as oportunidades eram para técnico de administrativo, com formação de cadastro reserva nos estados da Bahia e de São Paulo. O mesmo requisito era necessário para técnico de operações- equipamentos. Nesse caso, a atuação era nos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e para o Distrito Federal.

Para nível superior, a seleção foi para a carreira de analista de operações nas seguintes áreas: desenvolvimento – mainframe , desenvolvimento – mobile , desenvolvimento – ERP, desenvolvimento – plataforma baixa, requisitos e testes de software, modelagem/administração de banco de dados, infraestrutura e sistema operacional, redes, telecom e segurança e processos de TI. As vagas foram para os Estados de São Paulo, Goiás, Pará, Rio de Janeiro, além do Distrito Federal. 

Na época, foram registradas 44.294 inscrições, sendo 31.903 para ampla concorrência, 12.292 negros e 99 pessoas com deficiência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários