Ministro da Economia, Paulo Guedes
Edu Andrade/ ME
Ministro da Economia, Paulo Guedes

Ministros próximos ao presidente Jair Bolsonaro afirmam que querem ver Paulo Guedes fora do Ministério da Economia, e se mostram incomodados com o apego dele ao cargo. As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo .

"Ninguém aguenta mais o Paulo Guedes", disse um desses ministros à coluna. Segundo ele, porém, Guedes "só sai dali [da Economia] à força".

Mesmo com a  debandada no ministério da Economia e isolado no governo, Guedes estaria disposto a permanecer na liderança da pasta. Na visão do ministro palaciano ouvido pela coluna, Guedes seria "muito complicado" e não conseguiria resolver questões fundamentais para o governo.

Segundo o ministro, o financiamento do Auxílio Brasil, que pretende pagar R$ 400 mensais, está sendo discutido há mais de um ano, mas Guedes não conseguiu encontrar uma forma de tornar o programa viável dentro do teto de gastos.

Leia Também

Leia Também

O ministro também criticou Guedes por não conseguir ter clareza no diálogo com o mercado. Para ele, seria necessário deixar claro que a política de maior gasto será adotada de agora em diante, em exigência da crise social que o país atravessa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários