Auxílio emergencial: última parcela começa a ser paga nesta segunda-feira
Reprodução: iG Minas Gerais
Auxílio emergencial: última parcela começa a ser paga nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira (18), os trabalhadores nascidos em outubro (sem direito ao Bolsa Família) poderão sacar a sexta parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro está creditado em contas poupanças sociais digitais desde 1° de outubro. Agora, o saque pode ser feito em agências da Caixa Econômica Federal, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui.

Também hoje, começa o pagamento da sétima parcela para os beneficiários do Bolsa Família. Os primeiros contemplados serão os que têm Número de Identificação Social (NIS) de final 1. O calendário se estenderá até o dia 30 de outubro, dia do pagamento daqueles com NIS de final 0.

Os valores do auxílio 2021 correspondem a R$ 150 (para quem mora sozinho), R$ 250 (para famílias com dois ou mais integrantes) e R$ 375 (para mães chefes de família).

Passo a passo para retirada

1) Para sacar o dinheiro, é preciso fazer o login no app Caixa Tem, selecionar a opção "saque sem Cartão" e "Gerar código de saque".

2) Depois, basta inserir a senha para ter acesso ao código de saque na tela do celular, o qual tem validade de uma hora e deve ser informado nas agências, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

No caso de quem tem Bolsa família, os recursos também podem ser sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

Trabalhadores sem Bolsa Família

Esses trabalhadores sem direito ao Bolsa Família se inscreveram para ter o benefício ainda em 2020. O cadastramento foi feito por aplicativo, site ou agência dos Correios.

Leia Também

São informais, desempregados, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos e inscritos no CadÚnico sem direito ao programa social de transferência de renda, que continuam elegíveis ao pagamento em 2021.

Beneficiários do programa social

Vale destacar que os beneficiários do Bolsa Família têm direito ao pagamento de maior valor: o auxílio emergencial ou o benefício social anterior, o que for mais vantajoso.

A ideia inicial do governo era que, com o fim dos pagamentos do auxílio emergencial, as famílias passassem a receber o novo Bolsa Família, batizado de Auxílio Brasil. Mas os valores não foram confirmados.

Já se considera, agora, a possibilidade de o governo estender o auxílio emergencial, mas apenas para os atendidos pelo programa de distribuição de renda: atualmente, 14,6 milhões de famílias.

A ideia é estipular o pagamento de cerca de R$ 250 mensais de forma cumulativa aos valores que essas pessoas já recebem pelo programa social, por pelo menos um ano.

CALENDÁRIO DA SEXTA PARCELA - TRABALHADORES EM GERAL

Datas de saque

  • Nascidos em janeiro - 4 de outubro
  • Nascidos em fevereiro - 5 de outubro
  • Nascidos em março - 5 de outubro
  • Nascidos em abril - 6 de outubro
  • Nascidos em maio - 8 de outubro
  • Nascidos em junho - 11 de outubro
  • Nascidos em julho - 13 de outubro
  • Nascidos em agosto - 14 de outubro
  • Nascidos em setembro - 15 de outubro
  • Nascidos em outubro - 18 de outubro
  • Nascidos em novembro - 19 de outubro
  • Nascidos em dezembro - 19 de outubro

CALENDÁRIO DA SÉTIMA PARCELA - SOMENTE PARA O BOLSA FAMÍLIA

  • NIS de final 1 - 18 de outubro
  • NIS de final 2 - 19 de outubro
  • NIS de final 3 - 20 de outubro
  • NIS de final 4 - 21 de outubro
  • NIS de final 5 - 22 de outubro
  • NIS de final 6 - 25 de outubro
  • NIS de final 7 - 26 de outubro
  • NIS de final 8 - 27 de outubro
  • NIS de final 9 - 28 de outubro
  • NIS de final 0 - 29 de outubro


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários