“A Câmara está atenta”, ressaltou Lira
Reprodução: iG Minas Gerais
“A Câmara está atenta”, ressaltou Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que a Casa está se debruçando sobre propostas que possam baratear o preço do gás de cozinha e voltou a criticar o monopólio da Petrobras sobre esse produto. Segundo ele, há possibilidade, inclusive, de a Câmara acionar o Cade para investigar preços. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica tem como objetivo zelar pela livre concorrência e fiscalizar, apurar e corrigir abusos do poder econômico.

“No Brasil, o problema é o monopólio. Não se justifica, porque o gás é extraído a 2 dólares e caminha nos gasodutos a mais de 10 dólares. A Petrobras tem que se esforçar para dar explicações. Houve uma venda de um gasoduto de R$ 90 bilhões, e os recursos não foram para a União”, questionou. “A Câmara está atenta”, afirmou Lira.


Lira afirmou que as explicações do presidente da Petrobras, Joaquim Luna e Silva, não têm sido convincentes e questionou a falta de esclarecimentos sobre a política da empresa para o setor. As afirmações foram feitas em entrevista à Rádio Bandeirantes nesta quinta-feira (14).


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários