Projeto já foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Projeto já foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei que institui o 14º salário para aposentados do INSS  (Instituto Nacional do Seguro Social) de autoria do deputado Pompeo de Mattos já foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados. Para facilitar a aprovação, parlamentares articulam levar o texto direto ao plenário da Casa para votação, evitando as demais comissões. 

Ele pretende pressionar os colegas para votar o texto já na próxima semana. "A recepção dos deputados tem sido boa, muitos querem a mesma coisa", afirma ele ao UOL.

O 13º foi adiantado por conta da pandemia, e agora o Legislativo estuda conceder um ou dois salários mínimos, dependendo do caso, no fim deste ano. 

"Muita gente recebeu o auxílio emergencial, mas os aposentados não tiveram ajuda extra na pandemia, apenas adiantamento", explicou Pompeo de Mattos à coluna do Chico Alves. "O objetivo do 14º salário é contemplar essa faixa da população que ficou desassistida", completa.

Leia Também

O deputado lembra que o ministro da Economia, Paulo Guedes, costuma ser contrário ao aumento de gastos com seguridade social, mas que se a Câmara aprovar, será questão do presidente Jair Bolsonaro. "Ele que diga não", brincou. 

deputado lembra que os recursos com o 14º salário podem ser listados como ajuda emergencial na pandemia, o que evita que superem o teto de gastos. "A ideia é que seja pago em dezembro de 2021, no máximo em janeiro de 2022. Seja como for, é preciso fechar a conta do coronavírus para os aposentados", finalizou o parlamentar ao colunista. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários