Bolsonaro culpa inflação global e agricultura familiar pela alta nos alimentos
Reprodução: iG Minas Gerais
Bolsonaro culpa inflação global e agricultura familiar pela alta nos alimentos

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tentou justificar, durante live realizada nesta quinta-feira (7), a disparada da inflação no Brasil. Para isso, o chefe do Executivo comparou os preços de produtos da cesta básica brasileira com os cobrados em supermercados dos Estados Unidos.

"Agora a questão da inflação... Vou pegar aqui os Estados Unidos. Você pode falar: "Aqui é Brasil". Eu sei que aqui é Brasil, mas muita coisa daqui chega lá. E o preço lá também aumentou e muito. Vou citar algumas coisas, com o valor aproximado. Batata R$ 4 no Brasil; R$ 15 nos Estados Unidos. Cebola R$ 0,80 aqui, R$ 23 lá; Tomate R$ 6 aqui, R$ 27 lá. Tá vendo a diferença pessoal?", disse.

"Reclamando do preço daqui, que tá alto... Tá alto o preço aqui, tem inflação? Teve inflação. Aqui não é diferente de vários países da Europa", continuou.

Além disso, Bolsonaro culpou o agricultores familiares que teriam parado durante a pandemia, enquanto o agronegócio manteve-se ativo. 

"O agronegócio continuou plantando durante pandemia, mas agricultores familiares pararam de plantar, porque feiras foram fechadas".

A transmissão foi feita pouco tempo depois do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinar que a Polícia Federal ouça Bolsonaro em até 30 dias. O depoimento integrará o inquérito que apura se o presidente tentou interferir na corporação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários