Preço do etanol sobre em 15 estados brasileiros segundo ANP
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Preço do etanol sobre em 15 estados brasileiros segundo ANP

Os preços médios do etanol hidratado subiram em 15 estados e no Distrito Federal na semana entre 26 de setembro e 2 de outubro, de acordo com um levantamento feito por todo o país, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e unificado pelo AE-Taxas. Em outros dez estados, os preços abaixaram. Não houve pesquisa em Roraima. Nos postos pesquisados pela ANP, o valor do insumo subiu 0,45% no período em relação à semana anterior, variando de R$ 4,715 para R$ 4,736 o litro.

Em São Paulo, principal estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a cotação média do produto ficou em R$ 4,538 o litro, configurando uma alta de 0,49% em comparação com a semana anterior.

O menor valor registrado no período para o etanol em um posto, foi de R$ 3,899 o litro, no Espírito Santo, e o menor preço médio estadual, de R$ 4,511, foi registrado no Mato Grosso.

O valor máximo, de R$ 7,199 o litro, foi verificado em um posto do Rio Grande do Sul. O maior preço médio estadual também foi o do Rio Grande do Sul, de R$ 6,157.

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no Brasil subiu 3,81%. O estado com maior aumento no período foi Rondônia, onde o litro subiu 5,30% no mês. Na avaliação semanal, a maior alta de preço foi observada no Rio de Janeiro, com avanço de 1,70%, para R$ 5,618 o litro.

Competitividade

A gasolina foi mais competitiva que o etanol em todos os estados avaliados e no Distrito Federal no intervalo observado. Os critérios determinam que o etanol de cana ou de milho, devido ao menor poder calorífico, deve ter um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser vantajoso. Na média dos postos pesquisados o etanol está com paridade de 77,74% ante a gasolina.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários