Empreendimentos no setor do turismo já podem se inscrever no Portal de Investimentos , um marketplace desenvolvido pelo Ministério do Turismo para aproximar empreendedores de investidores, e expor seus projetos para financiadores nacionais e estrangeiros. De restaurantes a hotéis, passando por obras de infraestrutura, o portfólio da plataforma recebe diferentes tipos de projetos. Atualmente 61projetos integram a vitrine do portal.

Leia também: Concessão de parques é estratégica para fomento do turismo no pós-pandemia

Vista da Praia do Recreio
Reprodução/Loucos Por Praia
Vista da Praia do Recreio

A ferramenta faz parte dos esforços do governo para integrar o turismo à agenda econômica, bem como estimular a verticalização do setor em um país de dimensões continentais.

Os interessados em inscrever seus projetos devem reunir o máximo de documentação disponível, bem como um plano de negócios bem delineado e submeter à análise do ministério pelo próprio site. Não há qualquer distinção por parte da pasta em relação aos projetos inscritos. “Minha função é que todos tenham recursos aportados”, garante Débora Gonçalves, secretária nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões do Ministério do Turismo. Ela ressalva, porém, que há projetos mais adiantados, enquanto outros menos amadurecidos podem custar mais para atrair investimentos.

Leia também: Turismo de natureza pode ser a senha para revitalização do setor

Leia Também

Além de ensejar debates em prol do desenvolvimento do setor, a plataforma visa ressaltar a seriedade do Brasil, suas potencialidades e segurança jurídica, em todas as esferas envolvidas no turismo. “É uma preocupação nossa”, observa Gonçalves, que admite conduzir um trabalho de reeducação do olhar estrangeiro acostumado a “ver um episódio do Simpsons que tem macaco na rua”. 

Essa visão distorcida é um problema, mas a secretária diz que já não é tão grande quanto outrora. “Há grandes redes internacionais querendo investir no Brasil”. O Portal de Investimentos, nesse sentido, se propõe a ser um facilitador para todas as partes.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários