Um dos principais polos do Portal de Investimentos, plataforma idealizada e disponibilizada pelo Ministério do Turismo para aproximar empreendedores, investidores e poder público é o Programa de Concessão de Parques Nacionais.

Leia também: Ministério do Turismo age para estimular novos negócios no setor turístico

Parque nacional Jericoacoara
Wikipedia
Parque nacional Jericoacoara

O país apresenta um vasto conjunto de áreas naturais com grande potencial para fortalecer o turismo, já que existem 334 unidades de conservação federais no Brasil, distribuídas em todos os 27 estados brasileiros.

De acordo com estudo de 2019 do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), cada R$ 1,00 investido em unidades de conservação representa R$ 15 em benefícios econômicos para a economia local. As unidades de conservação são responsáveis por 90 mil empregos diretos e cerca de R$ 2,7 bilhões em renda.

Leia também: Geração de empregos é um dos objetivos de plataforma de investimentos em turismo

O Portal de Investimentos

A plataforma disponibiliza dados sobre macroeconomia, economia do turismo, estados brasileiros, tendências e oportunidades de investimentos na cadeia produtiva do turismo. Além de ser um canal importante de informações, o site pretende ser uma vitrine pela qual os destinos turísticos brasileiros possam divulgar suas ações para a atração de investimentos.  É possível acessá-lo aqui .

Lá estão listados os primeiros parques habilitados para a parceria público-privada que vem sendo trabalhado pelo governo. Entre eles destacam-se o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, com 20.021 hectares, no Rio de Janeiro; o Parque Nacional da Serra da Bodoquena, com 77.021 hectares, no Mato Grosso do Sul; o Parque Nacional de Brasília e Floresta Nacional de Brasília, com 61.692 hectares; e o Parque Nacional de Jericoacoara, com 8.416 hectares, no Ceará. A relação completa, com todos os dados necessários para uma tomada de decisão bem embasada, está aqui .

A secretária nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões, Débora Gonçalves, acredita que a procura pelo turismo de natureza deverá impulsionar o interesse dos investidores pelas unidades de conservação no pós-pandemia e informa que, no momento, há 147 hotéis em construção no Brasil com investimento aproximado de R$ 6,1 bilhões. “Estruturas precisam ser criadas para viabilizar o turismo de natureza, mas já é possível dizer que redes internacionais desejam e já estão investindo aqui, reforçando essa tendência de aumento pela procura de turismo de natureza no pós-pandemia”, conclui.

Leia também: Turismo de natureza pode ser a senha para revitalização do setor

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários