Baixo consumo fez preços de alguns serviços caírem, mesmo com alta da inflação
Pixabay
Baixo consumo fez preços de alguns serviços caírem, mesmo com alta da inflação

Enquanto os preços de itens básicos de consumo disparam, alguns serviços diretamente afetados pela pandemia andam na contramação da inflação. Devido ao baixo consumo, eles apresentaram queda no acumulado entre janeiro e agosto deste ano, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pelo cálculo do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 

Mesmo com o IPCA em 5,67% no acumulado até agosto, dez serviços registraram deflação em 2021. São eles:

  • Passagem aérea: -33,81%
  • Transporte por aplicativo: -14,33%
  • Ônibus interestadual: -4,57%
  • Seguro voluntário de veículo: -2,23%
  • Pacote turístico: -1,31%
  • Conserto de televisor: -1,12%
  • Ensino superior: -0,98%
  • Educação de jovens e adultos: -0,51%
  • Transporte escolar: -0,4%
  • Clube: -0,23%

O setor de serviços responde por 70% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Ele foi o mais afetado pela pandemia de Covid-19, sobretudo, devido às restrições impostas pelas medidas de isolamento social. Com as pessoas em casa, as demandas por algumas atividades diminuíram.

A deflação mais significativa foi a das passagens aéreas, cujos preços caíram 33,81% entre janeiro e agosto de 2021. Em seguida, vem a dos transportes por aplicativos, que ficaram 14,33% mais baratos no mesmo período.

Ainda assim, embora tenham registrado queda no ano, ambos têm taxas positivas em relação ao ano passado. As passagens aéreas tiveram alta de 30,15%, e os transportes por aplicativo, de 6,06% nos últimos 12 meses. Isso significa que os dois serviços estão mais caros quando comparados a agosto do ano passado, porém mais baixos do que em dezembro.

Dos 377 produtos e serviços que compõem o IPCA, 59 registraram taxas negativas no acumulado entre janeiro e agosto. Desse total, 35 são alimentos, 14 produtos não alimentícios e 10 são serviços.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários