Polícia Federal
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) está se mobilizando para que o novo texto da reforma administrativa preserve as alterações feitas no primeiro texto do relator, o deputado Arthur Maia. As informações são da coluna de Guilherme Amado, do Metrópoles.

As alterações estão relacionadas à estruturação e organização da PF, assim como avançam a respeito do órgão na reforma da Previdência.

O texto prevê que o controle externo da PF passe do Ministério Público para o Conselho Nacional de Justiça, o que mudaria radicalmente a forma como a Polícia Federal é fiscalizada.

Além disso, o texto prevê a estruturação de carreiras policias e administrativas, define a polícia judiciária como essencial à Justiça e define o cargo de direção geral para um delegado de carreira. Pontos da Previdência, como pensão integral por morte em serviço, são reforçados. O novo relatório da reforma administrativa deve ser apresentado por Arthur Maia até o final do dia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários