Coronel Helcio Bruno
Reprodução
Coronel Helcio Bruno

O tenente-coronel Helcio Bruno, que  depôs na CPI da Covid nesta terça-feira (10), foi para a reserva aos 42 anos, em março de 2000. As informações são da coluna de Bernardo Mello Franco, no jornal O Globo.

De acordo com o Portal da Transparência, a aposentadoria do militar, que hoje tem 63 anos, é de R$ 23.089,82 por mês.

Esse está longe de ser o único caso de privilégio dos militares na Previdência. Os altos salários e as aposentadorias cedo são comuns e, recentemente, veio a público a notícia de que netas e filhas de líderes da ditadura recebem pensões  de dezenas de milhares de reais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários