Só o Bradesco fechou 999 agências em 2021
Reprodução: iG Minas Gerais
Só o Bradesco fechou 999 agências em 2021

Os quatro principais bancos nacionais avançam em direção à digitalização, mas deixam um rastro de desemprego. Em 2021, Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander fecharam 1.647 agências físicas e mandaram embora mais de 15 mil funcionários, segundo o balanço das empresas divulgado no segundo trimestre. 

  • Banco do Brasil demitiu quase 7 mil funcionários;
  • Bradesco demitiu 9,4 mil funcionários;
  • Itaú contratou 810 colaboradores;
  • Santander contratou 78 colaboradores.

Quando o assunto é fechar agência, nenhum deles têm saldo positivo. 

  • Banco do Brasil cortou 390 agências;
  • Bradesco cortou 999 agências;
  • Itaú cortou 114 agências;
  • Santander cortou 144 agências.

Na contramão está a Caixa Econômica Federal, que abriu 2.498 vagas no primeiro semestre deste ano, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) levantados pela Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro da CUT).

Isso se deve ao perfil do banco, mais voltado aos clientes de baixa renda que em sua maioria têm baixo índice de digitalização e precisam de agências em áreas remotas do país. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários