Paulo Guedes, ministro da Economia
Washington Costa - ASCOM/ME
Paulo Guedes, ministro da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes , abriu a carteira e deu dinheiro para um pedinte após ser abordado na saída de um evento nesta quinta-feira, em Brasília. O homem segurava um cartaz com os dizeres: "Me ajude, sou deficiente e estou desempregado".

Guedes acabara de sair de uma cerimônia no Ministério da Defesa, com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do ministro da Defesa, Walter Braga Netto.

O Brasil tem quase 15 milhões de desempregados, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua) do IBGE.

Com a crise prolongada no mercado de trabalho durante a pandemia, a taxa de desemprego ficou em 14,7% no trimestre encerrado em abril, o que significa registrar pela segunda vez o patamar recorde atingido em março na Pnad Contínua.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários