Volkswagen interrompe produção em duas fábricas por falta de peças
Arthur Henrique
Volkswagen interrompe produção em duas fábricas por falta de peças

A Volkswagen anunciou nesta segunda-feira (19) a liberação de funcionários da fábrica em São Bernardo do Campo (SP) por 20 dias , devido à falta de peças para produção de veículos. De acordo com a montadora, cerca de 1,5 mil empregados da unidade estarão em férias coletivas até o começo de agosto. 

Essa não é a primeira vez que a empresa alemã interrompe sua produção de unidades no Brasil por falta de peças. Em 2020, a montadora manteve funcionários em casa devido ao aumento de casos de Covid-19 e preocupação com contágio na fábrica. Já neste ano, por reflexos do fechamento de portos e aeroportos internacionais, a Volkswagen suspendeu suas produções por falta de estoque de peças. 

O acordo com o Sindicado dos Metalúrgicos do ABC prevê manutenção dos empregos após o fim das férias coletivas. O sindicato, inclusive, ressaltou o apoio à paralisação da produção nos termos negociados. 

Unidade Taubaté 

A montadora ainda anunciou nesta segunda-feira (19) a prorrogação das férias coletivas da unidade Taubaté , responsável pela produção do Gol e Voyage. Ao todo, 800 funcionários da empresa serão afetados.

Na última semana, a VW acordou com o Sindicato dos Metalúrgicos da cidade que dispensaria 2,5 mil funcionários por 20 dias, retomando a produção na última sexta-feira (16). Entretanto, a empresa resolveu manter a medida para um dos turnos por mais 10 dias e deve voltar a funcionar na próxima quinta-feira (29).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários