Presidente Jair Bolsonaro
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta segunda-feira (19) que irá vetar o  novo fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, incluído na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022. 

"É uma cifra enorme, que no meu entender, está sendo desperdiçada (...) Posso adiantar que não será sancionada", disse em entrevista à TV Brasil.

De relatoria do deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), o texto propõe o aumento do fundo eleitoral de R$ 1,7 bilhão para R$ 5,7 bilhões. A matéria contou com o 'sim' tanto do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) quanto o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), ambos filhos do chefe do Executivo.

Mais cedo,  Bolsonaro culpou o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL), pela aprovação da matéria no Congresso. Segundo ele, Ramos "atropelou o regimento.

Ramos respondeu, acusando Bolsonaro de mentir para a população. "Jair Bolsonaro sabe que está mentindo! O Governo dele enviou LDO com fundão eleitoral. Líderes do governo e filhos do Bolsonaro votaram a favor do fundão. Nem votei por estar presidindo a sessão. Presidente, você tem a caneta para vetar. Seja homem, assuma suas responsabilidades!"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários