Paulo Guedes em audiência na Câmara dos Deputados
Reprodução YouTube
Paulo Guedes em audiência na Câmara dos Deputados

O Ministério da Economia aumentou sua previsão de alta no PIB este ano para 5,3%, ante projeção de 3,5% em maio . Para a inflação , a expectativa atual é que chegue a 5,9% em 2021, superando o teto da meta estipulada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

A meta de inflação este ano é de 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos. O teto é um índice de 5,25%, enquanto o piso é de 2,25%.

As estimativas foram divulgadas nesta quarta-feira no Boletim Macrofiscal da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia.

De acordo com esse boletim, apesar da expectativa de estouro da meta este ano, a inflação está “ancorada” e deve diminuir em 2022, fechando o próximo ano em 3,5%

Você viu?

Quando o Banco Central (BC) não consegue atingir a meta de inflação, o presidente da instituição precisa enviar uma carta ao ministro da Economia explicando as razões do não cumprimento e as providências tomadas para assegurar o retorno da inflação aos patamares estabelecidos.


IBC-Br

O Banco Central divulgou nesta quinta-feira que a prévia do PIB para o mês de maio, o Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br), teve uma queda de 0,43% em comparação com o mês anterior.

A queda de maio acontece depois de uma alta de 0,85% em abril e de um primeiro trimestre de crescimento de 1,6%. Apesar da queda, no ano o indicador mostra uma recuperação, com alta de 6,6% em relação ao mesmo período de 2020

O IBC-Br é considerado uma espécie de prévia do PIB por calcular o índice de atividade econômica, mas usa metodologia diferente do IBGE, responsável pelo número oficial.

Também nesta quinta-feira, o Ministério da Economia vai revisar suas projeções para o PIB do ano e a inflação. O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem dito que espera uma alta de 5% no PIB este ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários