Feirão Limpa Nome do Serasa oferece descontos de até 99%
Divulgação/Serasa
Feirão Limpa Nome do Serasa oferece descontos de até 99%

Serasa anunciou nesta segunda-feira (12) o lançamento da segunda edição do programa Limpa Nome, que prevê descontos para inadimplentes quitarem suas dívidas . De acordo com a Serasa, alguns débitos poderão ser quitados por até R$ 100

Na edição deste ano, as empresas devem oferecer descontos totais de R$ 12 bilhões em 14 milhões de dívidas de brasileiros, o que deverá colaborar para a redução no número de inadimplência no Brasil ou na diminuição de dívidas dos contribuintes. Ao todo, 24 empresas participam da ação que acontece neste mês. 

"O propósito da Serasa é oferecer soluções para melhorar a saúde financeira da população e percebemos, pelo resultado dessa ação em 2020, que ela foi essencial para que milhões de brasileiros pudessem pagar as suas dívidas com ótimas condições. Já nesse momento tão difícil, acreditamos que a ação de R$100 é, novamente, uma excelente opção para que os brasileiros negociem suas dívidas por um valor que caiba no bolso e possam retomar o acesso ao crédito", afirma Nathalia Dirani, gerente da Serasa.

Como participar 

Para aderir à Serasa Limpa Nome basta acessar o site da campanha e realizar o cadastro. No portal é possível verificar as despesas abertas e os descontos oferecidos pelas empresas.

As negociações também podem ser feitas pelo aplicativo da Serasa, no telefone 0800 591 1222 ou por meio do WhatsApp (11) 99575-2096

Algumas dívidas podem ser parceladas, enquanto outras oferecem descontos maiores para o pagamento. Após o aceite no contrato, o inadimplente poderá imprimir o boleto para quitar à despesa. 

Empresas participantes 

  • Ativos
  • Atlântico
  • Avon
  • BMG
  • Bradesco
  • Calcard
  • Casas Bahia
  • Claro
  • Colombo
  • Crediativos
  • Credsystem
  • Digio
  • Hoepers
  • Itapeva
  • Itaú
  • MGW
  • Pernambucanas
  • Ponto Frio
  • Recovery
  • Renner
  • Riachuelo
  • Tribanco
  • Vivo
  • Zema

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários