Saque-aniversário do FGTS pode ser mais vantajoso a partir do dia 10
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Saque-aniversário do FGTS pode ser mais vantajoso a partir do dia 10

Com a chegada da crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas aderiram ao formato de saque-aniversário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Nessa modalidade, durante os três meses subsequentes ao do nascimento, o trabalhador pode retirar uma parte do dinheiro. 

O que pouca gente sabe, no entanto, é que a retirada pode ser mais vantajosa no décimo dia de cada mês. Isso porque o dinheiro é reajustado com juros e correção monetária de acordo com os índices do dia. Ao optar pelo saque, o usuário pode decidir entre efetuar o saque no 1º dia do mês ou no 10º.

Vale lembrar que a pessoa que optar pelo saque-aniversário não terá o fundo integralmente ao ser demitido. Nesse caso, o trabalhador só terá direito ao recebimento da multa de 40% sobre o valor do FGTS do último contrato. Após dois anos será permitida retornada à modalidade tradicional. 

Quanto pode ser retirado?

O trabalhador que fizer a opção poderá sacar um percentual do saldo do FGTS acrescido de uma parcela adicional, anualmente, conforme tabela abaixo:

Limite (em R$)                         Alíquota                 Parcela Adicional (em R$)
Até 500,00                                50,0%                             -
De 500,01 até 1.000,00              40,0%                         50,00
De 1.000,01 até 5.000,00           30,0%                         150,00
De 5.000,01 até 10.000,00         20,0%                         650,00
De 10000,01 até 15.000,00         15,0%                         1150,00
De 15.000,01 até 20.000,00        10,0%                         1.900,00
Acima de 20.000,01                     5,0%                          2.900,00

É possível aderir à modalidade pelo aplicativo do FGTS ou pelo site. Veja  aqui como fazer.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários