Pedágios têm aumento de 8% a partir de hoje
Reprodução: ACidade ON
Pedágios têm aumento de 8% a partir de hoje

Os pedágios de São Paulo sofrerão reajuste de 8,05% a partir desta quinta-feira (1º). Segundo a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) O aumento é igual ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) em 12 meses até maio. 

No entanto, segundo levantamento da Folha de São Paulo, o aumento ultrapassa o IPCA em 22 dos 29 postos . A maior subida foi registrada em Caçapava (116 km de SP), cuja tarifa básica (para automóveis e caminhões por eixo) passa dos atuais R$ 3,70 para R$ 4,10, o que corresponde a uma alta de 10,81%

Na rodovia dos Imigrantes, quem sai da estrada pela alça do bairro Eldorado, em Diadema (Grande São Paulo), terá de pagar R$ 4,20, representando aumento de 10,53% a mais do que o valor atual, que é de R$ 3,80.

Já em números absolutos, a maior elevação é na rodovia que liga são Paulo a Santos. A rodovia Anchienta, atualmente, cobra R$ 28. A partir de hoje, o valor terá acréscimo de R$ 2,20 e passará para R$ 30,20. Em termos percentuais, no entanto, o reajuste (7,86%) é inferior à inflação do período.

"O cálculo das tarifas de pedágio é feito utilizando-se o conceito de tarifa quilométrica, ou seja, corresponde a um valor fixo por quilômetro multiplicado pelo trecho de cobertura da praça -e que varia em função da categoria das rodovias e dos tipos de veículos", disse a Artesp em comunicado à Folha de SP. 

Os reajustes serão aplicados nos pedágios das rodovias administradas pelas 17 concessionárias pertencentes às três primeiras etapas do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo. São elas: CCR Autoban, AB Colinas, Ecovias, Intervias, Renovias, CCR SPVias, Tebe, AB Triângulo do Sol, CCR ViaOeste, CART, Ecopistas, CCR RodoAnel, Rodovias do Tietê, Rota das Bandeiras, SPMar e ViaRondon.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários