Presidente Jair Bolsonaro durante entrevista ao apresentador Sikêra Júnior
Alan Santos/PR
Presidente Jair Bolsonaro durante entrevista ao apresentador Sikêra Júnior

Documentos obtidos pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a condução do governo na pandemia do novo coronavírus apontam que o governo, por meio da Secom (Secretaria de Comunicação), pagou R$ 120 mil ao apresentador bolsonarista Sikera Jr . Ao todo o valor for pago em 7 depósitos, segundo apuração da Folha de São Paulo. Ainda de acordo com o jornal, ele alegou que "não trabalha de graça".

Sikera tem um programa diário na RedeTV! que já recebeu até o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro. É conhecido pela retórica armamentista e favorável ao governo. 

Os sete repasses para a empresa do apresentador, a José Siqueira Barros Junior Produções ocorreram entre dezembro do ano passado até abril deste ano. No período, ele protagonizou campanhas publicitárias para o governo, segundo o documento.

Entre elas está a do 'Cuidado Precoce para a Covid-19', que indicava o tratamento logo após os primeiros sintomas. Nesta, Sikêra recebeu R$ 24 mil.

Você viu?

Em outra, ele recebeu R$ 16 mil para divulgar a 'Semana Brasil 2020', realizada em setembro do ano passado “para celebrar a retomada, com segurança, da economia e dos empregos”.

Além dessas, ele embolsou dinheiro do governo para 

  •  “Lançamento cédula de R$ 200”- R$ 24 mil;
  • “Combate ao mosquito Aedes”- R$ 8.000;
  • “Conscientização das famílias sobre os riscos de exposição de crianças na internet”- R$ 20 mil;
  • “Semana Nacional do Trânsito”- R$ 20 mil;
  • “Uso Consciente de Energia e Água”- R$ 8.000.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários