Evento ABRAS:  tópicos
Divulgação
Evento ABRAS: tópicos

A Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) realizou o 1º Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento  nesta quinta-feira (17), com foco em soluções  sustentáveis de impacto social para o futuro. O evento foi patrocinado por empresas como BRF, Coca-Cola, JBS e contou com ministros do governo com  Paulo Guedes , da Economia, Ricardo Salles , do Meio Ambiente, Tereza Cristina , da Agricultura, e João Roma , da Cidadania, participaram da primeira mesa de debates.

João Roma, da Cidadania, lembrou do programa de aquisição de alimentos, e da necessidade de seguir a sinergia com a pasta da Economia.

"Economia e área social são duas faces da mesma moeda. Por isso, em um curto espaço de tempo vamos apresentar um novo programa social  robusto do governo para aquecer a economia", disse.

"Temos um desafio de superar a insegurança alimentar social, aumentando a produção, aquisição e distribuição de alimentos de forma capilar. Defendendo o consumidor e evitando o desperdício de alimentos no Brasil", adicionou o ministro.

Tereza Cristina ressaltou a importância da cadeia nacional de abastecimento. "Durante a pandemia estreitamos a relação com a ABRAS. Somos responsáveis por produzir alimentos para 200 milhões de brasileiros, assegurando 100% de acesso aos produtos de origem agropecuária. Além de atender boa parte da comunidade internacional", disse.

Já em relação à economia, Guedes reforçou que o setor agropecuário responde por boa parte do desenvolvimento brasileiro. "Produção é com a Tereza, e distribuição é com vocês [ABRAS]", disse. 

"Nós mantivemos os sinais vitais da economia com as políticas sociais. Combatemos a fome e o desamparo em tempo de guerra. (...) Nosso governo é uma equipe muito unida ", completou. 

Ele lembrou também da necessidade de seguir criando empregos, e de desonerar a folha de pagamentos dos setores da produção, visando o crescimento do país. "Nós precisamos atacar os encargos trabalhistas , para atender melhor os consumidores". 

Evento da ABRAS contou com a presença de ministros do governo
Divulgação
Evento da ABRAS contou com a presença de ministros do governo

A ABRAS afirmou se inspirar na Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas) como meta de desenvolvimento ESG (Environmental Social and Governance).

Você viu?

A Agenda 2030 é um plano de ação global que reúne 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e 169 metas, criados para erradicar a pobreza e promover vida digna a todos, respeitando as condições que o nosso planeta oferece e sem comprometer a qualidade de vida das próximas gerações.

Rodolfo Nardez Sirol, presidente do Conselho da Rede Brasil do Pacto Global, que reúne 1300 organizações de produtores nacionais. Ressaltou que essa capilaridade da produção brasileira permite avanços em campos de saneamento, meio ambiente, economia, entre outros pontos fundamentais do desenvolvimento ESG.









    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários