Bruno Bianco, secretário de previdência e trabalho do Ministério da Economia
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Bruno Bianco, secretário de previdência e trabalho do Ministério da Economia

O secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, afirmou nesta terça-feira (15) que a criação do programa de emprego e treinamento a jovens que buscam o primeiro emprego tem objetivo de "evitar cicatriz" na oportunidade para quem tenta entrar no mercado de trabalho. A declaração foi dada em um evento da Organização Internacional do Trabalho (OIT)

"Para ajudar na transição para o mundo pós-pandemia, o governo brasileiro está próximo de anunciar medidas que incentivam o primeiro emprego de jovens por meio do pagamento de uma bolsa vinculada ao treinamento desses jovens por empresas privadas, evitando o que conhecemos como 'efeito cicatriz', que pode afetar a trajetória laboral daqueles que buscam a entrada no mercado de trabalho em um momento tão conturbado", afirmou Bianco.

A iniciativa foi anunciada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em maio, no entanto, não há previsão para o lançamento do programa. O programa deverá contemplar jovens que buscam a entrada no mercado de trabalho e, além de receberem treinamento, terão direito a bolsa-auxílio de R$ 600 . O valor será divido entre o governo federal e as empresas participantes. 

"Nós temos recurso para este ano, mas em vez de lançar contrato de seis meses, nós estamos tentando arrumar já a ponte para o ano que vem, para poder ser um contrato de um ano pelo menos. O jovem fica coberto por pelo menos um ano neste programa de treinamento. Treinamento com trabalho. Isso deve ser lançado também brevemente", disse Guedes, em coletiva realizada no mês passado. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários