O presidente da República, Jair Bolsonaro
Luciano Rodrigues
O presidente da República, Jair Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que a economia brasileira teria crescido 7% ou 8% em 2021 se não houvesse pandemia em vez dos 4% previstos para o ano. Para ele, as medidas de isolamento adotadas por governadores foram as responsáveis pelos impactos da crise sanitária nos  empregos e na renda .

 "Os informais foram duramente abatidos. E logo por esses políticos, que dizem tanto que estão preocupados com os mais pobres. O governo federal não fechou nenhum botequim", disse durante uma cerimônia do Ministério do Turismo, realizada no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (10).

Bolsonaro também elogiou o desempenho do ministro da Economia, Paulo Guedes, apesar das baixas nas finanças públicas e na sociedade. "Gostaria de saber do Paulo Guedes o que ele fez para a economia, apesar do 'feche tudo'. Destruíram empregos, levaram à miséria e à depressão milhões de pessoas", disse.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários