O presidente do BC, Roberto Campos Neto
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O presidente do BC, Roberto Campos Neto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto , disse que os reflexos da energia já começam a aparecer na inflação. Segundo ele, “muitas coisas aconteceram” desde a última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) e que “elas serão analisadas” até o próximo encontro do colegiado, na semana que vem.

A inflação acelerou em maio e subiu 0,83% em relação a abril , segundo dados divulgados pelo IBGE nesta quarta-feira (9). É a maior alta para o mês em 25 anos . O avanço é resultado, principalmente, do aumento na conta de luz , em razão do acionamento da bandeira vermelha, e da alta nos preços de combustíveis.

As declarações, dadas em evento virtual promovido ontem pelo J.P. Morgan, foram a última comunicação oficial de um membro do Copom antes da reunião prevista para dia 16 de junho.

Em 12 meses, o IPCA registra alta de 8,06% e, com o resultado, permanece acima do teto da meta de inflação estabelecida para o ano. A meta de inflação do Banco Central para este ano é de 3,75%, podendo variar entre 2,25% e 5,25%.

Você viu?

Com a alta do índice, a previsão do mercado é uma nova alta nos juros para conter a inflação para fazer com que a meta anual seja alcançada.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários