Ministro da Economia, Paulo Guedes
Alan Santos/Presidência da República
Ministro da Economia, Paulo Guedes

Uma transmissão ao vivo de entidades da indústria com o ministro da Economia, Paulo Guedes , foi invadida na manhã desta quinta-feira (27). A sala virtual foi acessada por pessoas falando em inglês e supostamente em russo .

Os invasores exibiram vídeos pornográficos e músicas atrapalhando a fala do ministro. Um homem chegou a se masturbar na frente da câmera.

A fala do ministro não foi interrompida porque Guedes estava presencialmente no evento, que era transmitido por meio da plataforma de reuniões online Zoom. Essa prática é chamada “zoombombing”.

Depois de cerca de dois minutos, os invasores deixaram a sala da reunião.

O ministro falava durante o evento "Diálogos com a Indústria", realizado pela Coalizão Indústria, grupo que reúne entidades do setor.

Após a publicação do iG, a Coalizão Indústria emitiu nota sobre o ocorrido. Confira:

" A Coalizão Indústria informa que durante a transmissão para a imprensa do evento "Diálogos da Indústria" houve, por alguns minutos, a interferência de terceiros que usavam nomes de jornalistas credenciados, com áudios e imagens externos. Os perfis foram excluídos rapidamente. Na transmissão para o público não houve interferências e ocorreu normalmente. A Coalizão Indústria informa ainda que vai apurar os fatos e pede desculpas aos repórteres presentes na transmissão pelo inconveniente ."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários