Proposta do deputado Elias Vaz (PSB-GO) prevê investigação de gastos com cartão corporativo da Presidência
Reprodução: iG Minas Gerais
Proposta do deputado Elias Vaz (PSB-GO) prevê investigação de gastos com cartão corporativo da Presidência

Após aprovação na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (25), gastos com cartão corporativo do presidente Jair Bolsonaro em 2019 serão investigados. A proposta de auditoria é do deputado Elias Vaz (PSB-GO) , com aprovação do relator, o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP)

A aprovação do parecer do relator prevê que o Tribunal de Contas da União (TCU) avalie o aumento dos valores desembolsados secretamente pela Presidência, em comparação com anos anteirores. O tribunal também vai analisar as comprar que foram feitas de forma sigilosa. Outro ponto a ser investigado é se houve excesso no limite de gastos estabelecido pela Secretaria de Administração da Presidência da República, além de investigar se houve transparência e publicidade do uso do cartão. 

O autor da proposta disse que o "o cidadão tem o direito de saber como é gasto o dinheiro público". Já Kataguiri afirmou que é importante analisar se os recursos federais foram usados de forma legal. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários