Ministério da Economia
Geraldo Magela/Agência Senado
Ministério da Economia

O ministério da Economia divulgou hoje (18) o Boletim Macrofiscal, com as projeções para a economia neste ano. A pasta de  Paulo Guedes passou de  3,2% para 3,5% a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021. Além disso, subiu também a previsão para a inflação  de 4,4% para 5,05% , valor próximo ao teto de 5,25% do sistema de metas

Para controlar o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, o governo utiliza da taxa básica de juros (Selic). O Copom, braço do Banco Central (BC) responsável pelo índice, promete se reunir no dia 16 de junho para discutir o valor da referência dos juros. 

No último dia 5, o BC elevou em 0,75% o índice, de  2,75% para 3,5%.

As previsões foram lançadas em meio à pandemia de Covid-19, que desacelerou os planos da Economia para 2021. Já para o ano de 2022, a previsão oficial de alta do PIB do governo federal foi mantida em 2,5%. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários